quinta-feira, 9 de agosto de 2018

Em nota, prefeitura de Alagoinhas esclarece que não há irregularidades em premiações


Resultado de imagem para alagoinhas prefeituraEm nota enviada ao BNews, a assessoria de comunicação da  prefeitura de Alagoinhas rechaçou matéria ‘TCM investiga 27 prefeituras e 30 Câmaras Municipais por premiações compradas’. Na matéria, o Tribunal de Contas dos Municípios revela a compra de diplomas e medalhas por parte de prefeitos e vereadores baianos.
 Segundo o tribunal, as honrarias são vendidas “por empresários espertalhões, a título de honraria, por suposto destaque na administração municipal ou desempenho nas câmaras em cidades do interior do Brasil”. O TCM quer que prefeitos e presidentes de câmaras municipais devolvam os valores gastos.
Veja a nota da prefeitura de Alagoinhas na íntegra:
A Prefeitura Municipal de Alagoinhas esclarece que não há nenhum tipo de irregularidade na conduta administrativa ou irresponsabilidade com a verba pública na atual gestão. A premiação do Instituto Tiradentes concedida ao prefeito Joaquim Neto e secretários do município não tem relação alguma com qualquer tipo de pagamento. 
O valor de R$ 750 citado por veículos de imprensa corresponde à participação do ex-secretário de saúde, Rodrigo Matos, em um seminário promovido pelo mesmo Instituto, evento este direcionado a vereadores, prefeitos, vice-prefeitos, procuradores e secretários de diversos municípios da Bahia, ou seja, o pagamento feito por Rodrigo Matos, não mais pertencente aos quadros do município, nenhuma relação guarda com o prêmio recebido pelo prefeito.
Vale ressaltar, ainda, que não foi realizada nenhuma despesa com transportes, diárias e hospedagens para recebimento da honraria, entregue na cidade de Salvador, em outubro passado. A premiação, na verdade, se acumula a outras recebidas pelo prefeito ao longo da sua carreira e também na atual gestão. 
Em março de 2018 o prefeito Joaquim Neto foi premiado pela Rede Cidade Sustentável no I Fórum Cidades Digitais de Feira de Santana na categoria 'Gestão Inovadora'. O título foi resultado do impacto positivo gerado pelo uso estratégico da tecnologia na cidade, trazendo inovação e eficiência no trâmite dos processos. 
Ainda em 2017 o secretário de planejamento, Tácio Lobo, foi selecionado para participar do Desafio Start-Ed, promovido pela Fundação Lemann em parceria com a Universidade Columbia, em Nova Iorque. Mais de 300 profissionais participaram da seleção do programa, voltado para a criação de soluções tecnológicas inovadoras, com potencial de elevar a qualidade da educação no Brasil. 
Deste modo, fica claro que os gestores municipais de Alagoinhas receberam destaque por suas ações e isso nada tem relação com compra de premiações e, principalmente, com gasto do dinheiro público de maneira irregular. 
Sobre a Rede Cidade Digital (RCD): é uma iniciativa de estímulo ao surgimento de localidades conectadas e eficientes. Realiza em parceria com Prefeituras e Associações de Municípios, eventos gratuitos para prefeitos, gestores e vereadores pelo país, como forma de levar conhecimento sobre como utilizar as Tecnologias da Informação e Comunicação no aprimoramento dos serviços públicos nos pequenos e médios municípios. 
Sobre a Fundação Lemann: Fundada em 2002 pelo empresário Jorge Paulo Lemann, a Fundação Lemann é uma organização familiar sem fins lucrativos que desenvolve e apoia projetos inovadores em educação, realiza pesquisas para embasar políticas públicas no setor, oferece formação para profissionais da educação e para o aprimoramento de lideranças em diversas áreas.
Sobre a Universidade Columbia: A Universidade Columbia abrigou a primeira escola de medicina dos Estados Unidos, e atualmente é a 13ª melhor universidade, de acordo com o ranking da Times Higher Education (THE). A instituição possui em seu hall da fama personalidades como Theodore Roosevelt e Barack Obama, ambos ex-presidentes dos Estados Unidos.Fonte/bocaonews.

Nenhum comentário:

Postar um comentário